Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Arquivos de Categoria: Música e Poesia (Vídeos)

As Borboletas – Vinicius de Moraes

Brancas Azuis Amarelas E pretas Brincam Na luz As belas Borboletas. Borboletas brancas São alegres e francas. Borboletas azuis Gostam muito de luz. As amarelinhas São tão bonitinhas! E as pretas, então… Oh, que escuridão! Vinicius de Moraes Anúncios

Continuar lendo

Written In The Stars – Elton John

I am here to tell you We can never meet again Simple really, isn’t it A word or two and then A lifetime of not knowing Where or how, or why, or when You think of me, or speak of me Or wonder what befell The someone you once loved So long ago, somewhere Never …

Continuar lendo

Uma Rosa Vermelha – Robert Burns

O meu amor é como uma rosa vermelha, Que acaba de florescer em Junho. O meu amor é como uma melodia Docemente tocada com harmonia. Tão bela tu és, minha maravilhosa donzela, Tão profundamente apaixonado eu estou Que eu te amarei ainda, minha amada, Até que todos os mares sequem. Até que todos os mares …

Continuar lendo

Aquarius – Let the Sunshine In – The Fifth Dimension

When the moon is in the Seventh House And Jupiter aligns with Mars Then peace will guide the planets And love will steer the stars This is the dawning of the age of Aquarius Age of Aquarius Aquarius Aquarius Harmony and understanding Sympathy and trust abounding No more falsehoods or derisions Golden living dreams of …

Continuar lendo

Noturno em Dó Sustenido Menor -Póstuma – Frederic Chopin

Nocturne in C-sharp minor, Op. posth. é uma peça composta por Chopin em 1830, dedicada à sua irmã mais velha, Ludwika Chopin, e publicada em 1870, 26 anos após a morte do compositor. Na vida real, a peça foi interpretada pela sobrevivente do Holocausto, Natalia Karp, para o comandante do campo de concentração nazista Amon …

Continuar lendo

Sonho de Ícaro – Byafra

Voar, voar Subir, subir Ir por onde for Descer até o céu cair Ou mudar de cor Anjos de gás Asas de ilusão E um sonho audaz Feito um balão No ar, no ar Eu sou assim Brilho do farol Além do mais Amargo fim Simplesmente sol Rock do bom Ou quem sabe jazz Som …

Continuar lendo

Hino da Independência – Dom Pedro I

O Hino da Independência do Brasil é uma melodia sinfônica composta por Dom Pedro I e, segundo as tradições, foi composta no mesmo dia em que ele proclamou a Independência, às quatro horas da tarde do dia 7 de setembro de 1822. A letra é de Evaristo Ferreira da Veiga e Barros, que era livreiro, …

Continuar lendo

Aida – Giuseppe Verdi

Celeste Aïda, forma divina, Mistico serto di luce e fior, Del mio pensiero tu sei regina, Tu di mia vita sei lo splendor. Il tuo bel cielo vorrei ridarti, Le dolci brezze del patrio suol Un regal serto sul crin posarti, Ergerti un trono vicino al sol. @-;– Celeste Aida, forma divina, Mística grinalda de …

Continuar lendo

Dance with My Father – Luther Vandross

Back when I was a child Before life removed all the innocence My father would lift me high And dance with my mother and me and then Spin me around ‘til I fell asleep Then up the stairs he would carry me And I knew for sure I was loved If I could get another …

Continuar lendo

The Sound of Music – Julie Andrews

The hills are alive with the sound of music With songs they have sung for a thousand years The hills fill my heart with the sound of music My heart wants to sing every song it hears My heart wants to beat like the wings of the birds That rise from the lake to the …

Continuar lendo

O Coração Risonho – Charles Bukowski

Sua vida é sua vida Não deixe que ela seja esmagada na fria submissão. Esteja atento. Existem outros caminhos. E em algum lugar, ainda existe luz. Pode não ser muita luz, mas ela vence a escuridão Esteja atento. Os deuses vão lhe oferecer oportunidades. Reconheça-as. Agarre-as. Você não pode vencer a morte, mas você pode …

Continuar lendo

L’après-midi d’un Faune – Stéphane Mallarmé

Um marco na história do simbolismo na literatura francesa, “L’Après-midi d’un faune” é considerado um dos maiores poemas da literatura da França (1876). O poema conta a história de um fauno que toca a sua flauta nos bosques, tentando alcançar, em vão, as ninfas e náiades que ali passeiam. Extenuado, o fauno cai num sono …

Continuar lendo

Daqui Pra Lá de Lá Pra Cá – Torquato Neto

Era um pacato cidadão sem documento Não tinha nome profissão não tinha tempo Mas certo dia deu-se um caso E ele embarcou num disco E foi levado pra bem longe Do asterisco em que vivemos Ele partiu e não voltou E não voltou porque não quis Quero dizer ficou por lá Já que por lá …

Continuar lendo

I Hope You Dance – Ronan Keating

I hope you never lose your sense of wonder You get your fill to eat but always keep that hunger May you never take one single breath for granted God forbid love ever leave you empty handed I hope you still feel small when you stand beside the ocean Whenever one door closes I hope …

Continuar lendo

Carrego seu coração comigo – E. E. Cummings

Carrego seu coração comigo Eu o carrego no meu coração Nunca estou sem ele Onde quer que vá, você vai comigo E o que quer que faça Eu faço por você Não temo meu destino Você é meu destino, meu doce Eu não quero o mundo por mais belo que seja Você é meu mundo, …

Continuar lendo