Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Dance with My Father – Luther Vandross


Back when I was a child
Before life removed all the innocence
My father would lift me high
And dance with my mother and me and then
Spin me around ‘til I fell asleep
Then up the stairs he would carry me
And I knew for sure I was loved
If I could get another chance, another walk
Another dance with him

I’d play a song that would never, ever end
How I’d love, love, love
To dance with my father again
When I and my mother would disagree
To get my way, I would run from her to him
He”d make me laugh just to comfort me
Then finally make me do just what my mama said
Later that night when I was asleep
He left a dollar under my sheet
Never dreamed that he would be gone from me
If I could steal one final glance, one final step
One final dance with him

I”d play a song that would never, ever end
‘Cause I”d love, love, love
To dance with my father again
Sometimes I”d listen outside her door
And I’d hear how my mother cried for him
I pray for her even more than me
I pray for her even more than me
I know I”m praying for much too much
But could you send back the only man she loved
I know you don”t do it usually
But dear Lord she”s dying
To dance with my father again
Every night I fall asleep and this is all I ever dream

Composição de Luther Vandross com a ajuda de Richard Marx (2003).
A música é uma homenagem de Luther Vandross ao seu pai, que morreu quando ele tinha 7 anos e sua lembrança mais pungente era a de que seu pai costumava dançar com os filhos e sua mãe. A letra, tocante, traz essas memórias singelas da infância. Luther Vandross escreveu esta música pouco depois de ter sofrido um AVC e estava internado na ocasião do lançamento, por isso o clipe foi gravado com imagens da sua infância e amigos, fãs, cantores, atores e astros do esporte, que o homenagearam no vídeo. Luther morreu dois anos depois e esta é uma de suas últimas composições. No Grammy Awards de 2003, Dance with my father foi nomeada “Song of the Year” e “Best Male R & B Vocal Performance”. Foi cantada também por Céline Dion, Steve Brookstein, Scott Savol, Joe McElderry, Kellie Coffey e Tamyra Grayduring.


.
Tradução: Dança com meu pai 

Quando eu era criança, antes da vida ter-me tirado toda a inocência
Meu pai me levantaria bem no alto e dançaria comigo e com minha mãe e então
Me embalaria até eu pegar no sono
E então me carregaria escadas acima
E eu sabia com certeza que era amado
Se eu pudesse ter outra chance, outra caminhada, outra dança com ele
Eu tocaria uma canção que nunca, jamais acabaria
Como eu amaria, amaria, amaria
Dançar com meu pai outra vez
Quando eu e minha mãe discordávamos
Para conseguir o que eu queria, eu corria para ele
Ele me fazia rir só para me confortar
E então, finalmente me fazia fazer o que minha mãe havia me dito
Mais tarde naquela noite, quando eu estava dormindo
Ele deixou um dólar embaixo de meu cobertor
Nunca sonhei que ele partiria de mim
Se eu pudesse roubar um último olhar, um último passo, uma última dança com ele
Eu tocaria uma canção que nunca, jamais acabaria
Pois eu amaria, amaria, amaria
Dançar com meu pai outra vez
Às vezes eu escutava atrás da porta do quarto dela
E ouvia como minha mamãe chorava por ele
Rezo mais por ela do que por mim
Rezo mais por ela do que por mim
Sei que estou pedindo demais
Mas você poderia devolver o único homem que ela amou?
Sei que você não faz isso com frequência
Mas querido Senhor, ela está morrendo
Para dançar com meu pai outra vez
Toda noite quando adormeço isso é tudo que eu sempre sonho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: