Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Desfolhei-te, como uma rosa – Juan Ramón Jiménez

vladimir-volegov

(pintura de Vladimir Volegov)

Desfolhei-te, como uma rosa
para ver-te a alma,
e não a vi.

Mas tudo em torno
– horizontes de terras e de mares -,
tudo, até o infinito, fartou-se de uma essência
imensa e viva.

Juan Ramón Jiménez
Tradução de Adriano Nunes

@-;–

Te deshojé como una rosa,
para verte tu alma,
y no la vi.

Mas todo en torno
-horizontes de tierra y de mares-,
todo, hasta el infinito,
se colmó de una esencia
inmensa y viva.

Juan Ramón Jiménez

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: