Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Circle of Life – Elton John

lion

(Foto: Tanzania Tourist Board)

From the day we arrive on the planet
And blinking, step into the Sun
There’s more to be seen than can ever be seen
More to do than can ever be done

Some say eat or be eaten
Some say live and let live
But all are agreed as they join the stampede
You should never take more than you give

In the circle of life
It’s the wheel of fortune
It’s the leap of faith
It’s the band of hope
Till we find our place
On the path unwinding
In the circle, the circle of life

Some of us fall by the wayside
And some of us soar to the stars
And some of us sail through our troubles
And some have to live with the scars

There’s far too much to take in here
More to find than can ever be found
But the Sun rolling high through the sapphire sky
Keeps great and small on the endless round

In the circle of life
It’s the wheel of fortune
It’s the leap of faith
It’s the band of hope
Till we find our place
On the path unwinding
In the circle, the circle of life

On the path unwinding
In the circle, the circle of life

Letra de Elton John e Tim Rice e música de Elton John, gravada em 1993, para o filme “O Rei Leão”, de Walt Disney (1994). A canção foi indicada para o Oscar, perdendo para outra composição do mesmo filme, “Can You Feel the Love Tonight”, também escrita por Tim Rice. Circle of Life é uma das canções preferidas de Elton John. (Fonte: Song Facts)

.
Tradução: Ciclo da Vida 

Desde o dia em que chegamos ao planeta
E piscando caminhamos rumo ao sol
Há mais a ser visto além do que jamais pode ser visto
E mais a fazer do que jamais pode ser feito
Alguns dizem: devore ou seja devorado
Outros dizem: viva e deixe viver
Mas todos concordam que quando se juntam ao estouro da manada
Você não deveria receber mais do que dá

No ciclo da vida
É a roda da fortuna
É o ato de fé
É o grupo da esperança
Até encontrarmos nosso lugar
No caminho que se desenrola
No ciclo, no ciclo da vida

Alguns de nós caem pela estrada
E alguns de nós voam alcançando as estrelas
Alguns de nós navegam pelos problemas
E outros têm que conviver com as cicatrizes
Há muito para se suportar aqui
Mais para se encontrar do que o que jamais pode ser encontrado
Mas o sol se move alto no céu azul safira
Mantém grandes e pequenos no ciclo sem fim

No ciclo da vida
É a roda da fortuna
É o salto da fé
É o grupo da esperança
Até encontrarmos nosso lugar
No caminho que se desenrola
No ciclo, no ciclo da vida

No caminho que se desenrola
No ciclo, no ciclo da vida

@-;–

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: