Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Era manhã de um doce janeiro – Sandro Penna

Ravello-Villa-Cimbrone-Terrazzo-dell-lnfinito-Italia

(Terraço do Infinito, Vila Cimbrone, Italia)

Era manhã de um doce janeiro
cheio de sol. E a vida pareceu
no silêncio repleta de palavras.
Assim não foi, minhas palavras
foram escassas, e talvez sem sol.
Mas resta na manhã de janeiro
um homem já velho, cheio de amor.

Sandro Penna
(Tradução de Vera Lúcia de Oliveira)

@-;–

Era un mattino di un dolce gennaio
pieno di sole. E la vita apparve
nel silenzio ricolma di parole.
Così non fu, perché le mie parole
furono scarse, e forse senza sole.
Ma resta nel mattino di gennaio
forse già un vecchio, ma pieno di amore.

Sandro Penna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: