Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Velhas Árvores – Olavo Bilac

arvore-no-pq-ibirapuera-foto-de-ricardo-cardim

Árvore e ninho de joão-de-barro, Pq do Ibirapuera, São Paulo
(Foto: Ricardo Cardim)

Olha estas velhas árvores, — mais belas,
Do que as árvores mais moças, mais amigas,
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas . . .

O homem, a fera e o inseto à sombra delas
Vivem livres de fomes e fadigas;
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E alegria das aves tagarelas . . .

Não choremos jamais a mocidade!
Envelheçamos rindo! envelheçamos
Como as árvores fortes envelhecem,

Na glória da alegria e da bondade
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!

Olavo Bilac

Anúncios

3 Comentários

  1. Republicou isso em Borboletanoespelhoe comentado:
    ENCANTADA……

  2. Que poema maravilhoso e verdadeiramente edificante. Agradeço por tê-lo postado. Ficará em meu coração. bj.

Trackbacks

  1. Velhas Árvores – Olavo Bilac | EVS NOTÍCIAS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: