Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Bomba Suja – Ferreira Gullar

criança-morta-Candido-Portinari

(Criança Morta, pintura de Candido Portinari, Série Retirantes, 1944)

Introduzo na poesia
A palavra diarreia.
Não pela palavra fria
Mas pelo que ela semeia.

Quem fala em flor não diz tudo.
Quem me fala em dor diz demais.
O poeta se torna mudo
sem as palavras reais.

No dicionário a palavra
é mera ideia abstrata.
Mais que palavra, diarreia
é arma que fere e mata.

Que mata mais do que faca,
mais que bala de fuzil,
homem, mulher e criança
no interior do Brasil.

Por exemplo, a diarréia,
no Rio Grande do Norte,
de cem crianças que nascem,
setenta e seis leva à morte.

É como uma bomba D
que explode dentro do homem
quando se dispara, lenta,
a espoleta da fome.

É uma bomba-relógio
(o relógio é o coração)
que enquanto o homem trabalha
vai preparando a explosão.

Bomba colocada nele
muito antes dele nascer;
que quando a vida desperta
nele, começa a bater.

Bomba colocada nele
Pelos séculos de fome
e que explode em diarreia
no corpo de quem não come.

Não é uma bomba limpa:
é uma bomba suja e mansa
que elimina sem barulho
vários milhões de crianças.

Sobretudo no nordeste
mas não apenas ali
que a fome do Piauí
se espalha de leste a oeste.

Cabe agora perguntar
quem é que faz essa fome,
quem foi que ligou a bomba
ao coração desse homem.

Quem é que rouba a esse homem
o cereal que ele planta,
quem come o arroz que ele colhe
se ele o colhe e não janta.

Quem faz café virar dólar
e faz arroz virar fome
é o mesmo que põe a bomba
suja no corpo do homem.

Mas precisamos agora
desarmar com nossas mãos
a espoleta da fome
que mata nossos irmãos.

Mas precisamos agora
deter o sabotador
que instala a bomba da fome
dentro do trabalhador.

E sobretudo é preciso
trabalhar com segurança
pra dentro de cada homem
trocar a arma de fome
pela arma da esperança.

Ferreira Gullar

Nota minha: A seca tem sido a maior indústria de corrupção em nosso país. Muita discussão, muita conversa, muitas reuniões, muita maquiagem, alguns tratamentos paliativos, mas nada de concreto que garanta um futuro melhor, a inclusão social, os Direitos Humanos…
Vergonha Nacional desde o Sempre! (pareci repetitiva?)

Anúncios

5 Comentários

  1. Portal Portinari: http://www.portinari.org.br/

  2. Cara muito bom, eu tive a oportunidade e o orgulho de ver duas telas deste grande pintor a guerra e paz, parabéns

    • Obrigada pelo comentário. Realmente um privilégio. Conheço as obras apenas virtualmente. Em 2012 elas ficaram expostas no Memorial da América Latina, aqui em São Paulo, mas por tempo muito curto e não consegui visitar. Agora só se eu for para NY 🙂
      Um abraço.

  3. ,Éder Fávaro

    Ida Della Monica.Tudo que você edita nesse sugestivo e moderno recurso da área de comunicação social, é muito bem idealizado.Imagens bonitas, poesias e crônicas muito bem selecionadas, conteúdo de alto nível, musicas lindas,biografia dos personagens, videos etc…Tudo muito bem ajustado, o que torna o seu trabalho uma pagina moderna e um verdadeiro convite para mimentos de profundas reflexões.Que O Senhor da Vida continue iluminando o seu caminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: