Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Homens de Chico – Maurício Santini

francisco-assis
Raia o sol, a flor dos chicos no Brasil!
Estes chi´s abençoados que varrem os males do país!
O Chico da selva e da mata.
O olheiro que escuta a floresta.
O guardião e o gnomo de Deus.
O pai e o filho da Mãe-Terra!

O manso Chico que empresta suas mãos às súplicas.
O quase cego que enxerga quase tudo!
O ignóbil mais que letrado.
O escriba do além.
O carteiro e o poeta divino!

Tantos chicos que até me lembro de Assis.
Mais um “chi” que assim a Luz se fez!
Curumim de mim, Kuthumi de nós.
Que dorme no dorso dos bichos e anda nas corcovas das montanhas.
Habita nas cavernas onde soam os tambores xamânicos do peito.

Amanhã, quero nascer Chico!
Ser um homem de Chico que absorve o fluxo da paz no mundo!
Um Chico das águas de cima com as águas de baixo, numa pororoca abençoada!
Que jamais derrama o sangue num cálice de sombras.
E bebe do Graal o vinho de Sananda.

Maurício Santini

Nota do autor: O vinho de Sananda é suave e a safra é atemporal. Chico Mendes, Chico Xavier e Chico de Assis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: