Poesias Preferidas

Seleção de Poesias

Não Confundas o Amor – Antoine de Saint-Exupéry

Saint-Exupery

(Estátua de Antoine de Saint-Exupéry e Pequeno Príncipe – Lion, França)

Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer.
Por eu amar a Deus, meto-me a pé pela estrada fora, coxeando penosamente para o levar aos outros homens. E não reduzo o meu Deus à escravatura. E sou alimentado com o que ele dá a outros. Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: é que ele não pode ser prejudicado. O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.

@-;–

“O amor não consiste em olhar um para o outro, mas sim em olhar juntos para a mesma direção.”

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”

“Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante.”

“O essencial é invisível aos olhos. Só se vê bem com o coração.”

“Se a vida não tem preço, nós comportamo-nos sempre como se alguma coisa ultrapassasse, em valor, a vida humana… Mas o quê?”

Antoine de Saint-Exupéry

Anúncios

1 comentário

  1. ,Éder Fávaro

    Prezada amiga Ida. Lembrar sempre dessa lendária figura, Antoine de Saint-Exupéry, e do Pequeno Príncipe, é um refrigério para nossas almas. Continue enriquecendo nossas vidas com a beleza do seu blog. Saúde e Paz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: